O QUE VISITAR NA TURQUIA

Além de Istambul e Capadócia, lugares como Bodrum, Fethiye, Kaş e principalmente Marmaris são muito populares entre turistas e locais.

Eles têm excelentes resorts e hotéis, como o D-Resort Grand Azur e o Alibey Hotel Luxury Concept, e os preços nem são tão exorbitantes.

Outro passeio imperdível é percorrer o Bósforo! Dá para fazer com iate particular alugado, ou com uma lancha junto com outros turistas. Dura aproximadamente 1h30min.

1001-dicas-da-turquia-balao-capadocia

Balão na Capadócia

1001-dicas-da-turquia-bodrum

Bodrum

1001-dicas-da-turquia-mesquita-bosforo

Mesquita vista pelo Bósforo

 


QUANDO IR

A melhor época é abril, maio, agosto e setembro. Quer dizer primavera e outono, quando as temperaturas estão mais agradáveis, nem muito quente nem muito frio.

Mas, para quem gosta de calor, será muito bem vindo em junho e julho, que são os meses que os europeus costumam preferir.

 

 


COMO IR

Os passeios dentro da Turquia podem ser feitos de ônibus, fretados ou não, lancha, e algumas locomoções devem ser feitas de avião mesmo, dependendo da distância e do período que a pessoa pretende passar na região.

O ideal é fazer um roteiro personalizado conosco e indicamos o ideal para cada caso.

1001-dicas-da-turquia-bosforo

Passeio pelo Bósforo


GASTRONOMIA

A gastronomia turca é bem parecida com a sirio-libanesa, apesar de não ser um país árabe e menos ainda estar localizado no Oriente Medio, como muitos confundem.

Cozinha-se com muito azeite, legumes e verduras, como em todo Mediterrâneo.

Os Kebaps são os famosos pratos de carne. Aliás famoso no mundo inteiro, porém, com nomes diversos em alguns lugares. Na Grécia, o chamam de churrasco grego e no Líbano, de Shawarma. Seja onde for, é uma delícia! Só cuidado onde você come pois são carnes temperadas durante dias, então, nem sempre eu confio em qualquer barraca sem que esteja na temperatura certa, por exemplo.

As sobremesas são um capítulo a parte, porque tem uma variedade muito grande que vai desde Baklava à arroz doce.

A carne de porco não é consumida no país (assim como não é na A. Saudita, Emirados Árabes e outros países de maioria muçulmana), porém é vendida em alguns mercados, pensando nos estrangeiros que lá vivem e também é servido em alguns hotéis, geralmente em uma área separada.

O chá preto é consumido muito, porque tem muita plantação dele. Quase na inteira costa do mar negro ele é plantado, então virou a bebida mais típica do país. O chá de maçã é bem mais turístico, os locais não tomam muito.

1001-dicas-da-turquia-kebab-com-beringela

Kebab com beringela

1001-dicas-da-turquia-kebab-com-pistache

Kebab com pistache

1001-dicas-da-turquia-kebab

Kebab

1001-dicas-da-turquia-beklava

Beklava

 


ONDE COMER

Em Istambul lugar que eu aconselho muito para jantar é o Restaurante Vogue, super descolado, com uma paisagem incrível e comida muito gostosa.

Para almoçar, com certeza iria para o Restaurante Hamdi, tem os melhores Kebaps e entradas frias (meze) e o Baklava de nozes é um sonho. Bom, o meu marido gosta mais do Baklava com pistache, melhor você pedir uma porção de cada, se preocupe não, vai sobrar nada kkk… A paisagem do terraço dele também é lindíssima.

1001-dicas-da-turquia-hamdi-restaurante-2

Restaurante Hamdi. (Foto: divulgação)

 


CURIOSIDADES

A religião predominante é a muçulmana, mas como Turquia é um país laico, as mulheres não são obrigadas a usar o véu e ninguém é obrigado a fazer o jejum durante o mês do Ramadã, como acontece nos EAU ou A. Saudita, por exemplo.

língua é o turco, porém, a maioria das pessoas fala inglês, o que ajuda muito no turismo.

A arquitetura na Turquia é uma das mais diversas, pois cada civilização que passou deixou restos da sua arquitetura.

Encontraram há pouco tempo restos de um templo no leste da Turquia de 12.000 de antes de Cristo, acredita se que é o primeiro templo de veneração da história, chamado de Göbeklitepe.

A Santa Sofia em Istambul é outra obra prima do mundo inteiro, do ano 537 depois de Cristo (Arte Bizantina). Ela serviu de inspiração, inclusive, para a mais recente Mesquita Sheikh Zayed de Abu Dhabi.

Ephesus é uma das cidades romanas melhor conservadas do mundo.

E a cidade Laodiceia, muito perto de Pamukkale, segundo minha opinião vai ser um ponto muito visitado no futuro, tal vez mais do que Ephesus, porque as escavações dessa cidade estão feitas muito minuciosamente e estão saindo obras e templos únicos e muito importantes para toda a humanidade. Eu não esqueceria esse nome, e encima foi uma das Sete Igrejas do Apocalipse. Muito importante para grupos de peregrinos cristãos.

Gorjeta não é obrigatória, mas costuma-se deixar 10 %  nos restaurantes em que você gostou do serviço e os turcos também têm costume de dar gorjeta pros bellboys ou pessoal de serviço (motorista particular, etc.)

A moeda é a lira turca que vale mais ou menos igual que o real.

 

 

1001-dicas-da-turquia-santa-sofia

Santa Sofia

1001-dicas-da-turquia-ephesus

Ephesus

1001-dicas-da-turquia-biblioteca-ephesus

Biblioteca de Ephesus

1001-dicas-da-turquia-ruinas-laodiceia

Ruinas em Laodiceia

 

 


Texto e Fotos: Gonca Kaya, guia licenciada em português, alemão, inglês e espanhol.

Contato: @guiaturca


 

Veja aqui 4 insiders de Istambul

 


 

Facebook Comments

2 Comentários