Aurora Boreal em Whitehorse, Canadá. Um show de luzes!

Qual a possibilidade de me deslocar mais de 10 mil km rumo a temperaturas de 30 graus negativos pra ficar esperando algo que pode nem aparecer?

Minha resposta tendia a “zero chance” antes de presenciar o espetáculo da aurora boreal em Whitehorse, capital de Yukon, no Canadá. Justo eu, que visto um casaco assim que bate uma brisa, acabei atravessando as Américas de Sul a Norte e de Leste a Oeste, e passei alguns dias em território vizinho ao Alasca pra viver uma das experiências mais marcantes – e congelantes – da minha vida.

Mapa-Yukon-canada

Mapa da Cidade de Yukon, no Canadá

 

Não tem como dissociar a aurora do frio, porque ele só acontece perto dos pólos. É pra lá que partículas expulsas em explosões solares são atraídas pela Terra.

Quando chegam, reagem com os átomos de oxigênio e nitrogênio da atmosfera do planeta e dão um show de luzes.

Este fenômeno não tem hora nem lugar marcado para acontecer, muito menos cores e formas pré-definidas. Mas como essas partículas demoram dois a três dias para fazer a viagem entre o Sol e a Terra, existem até previsões diárias da aurora. No entanto, eles são tão certeiros quanto a previsão do tempo no Brasil…

É preciso ainda que o céu esteja limpo para a performance dessa visitante ilustre ser avistada pelos terráqueos.

E não adianta querer pedir o dinheiro do “ingresso” de volta, caso a aurora não dê o ar da graça.

Por isso, quem mora na região sugere que os turistas reservem pelo menos cinco noites pra a “caçada”. Raramente Whitehorse passa mais que isso sem receber a visita dessa dama da noite.

Whitehorse-cidade

Cidade Whitehorse, Canadá

 

As excursões, como a da Northern Tales – empresa que cuidou (muito bem) de mim –, levam os grupos de turistas para áreas descampadas e longe das luzes da cidade, onde têm um abrigo do frio ao lado de fogueiras e em cabanas rústicas.

Essas mesmas empresas alugam uma “armadura” de roupas especiais (veja a foto), preparadas para enfrentar o frio que os nativos de terras tropicais não imaginam existir de fato.

Mas os termômetros não mentem: nos meus três dias lá, marcaram entre -23ºC, de dia, e -33ºC, à noite.

Com o ventinho, a sensação térmica chegou a -37ºC. Todos os contras só são desanimadores se você não encarar a espera como a grande aventura que é.

Northern- Tales

Northern Tales- transfer

Cabana-whitehorse

Cabana em Whitehorse

roupa-de-frio-aurora

“Armadura” contra o frio.

 

Apesar de manterem uma temperatura aconchegante e tentadora, de dentro das cabanas não se vê nada.

É um grande desperdício se enfurnar lá, esperando que alguém grite avisando da hora que o espetáculo começar!

Uma das minhas formas de “caçar a aurora” era fazer fotos de longo tempo de exposição, porque a câmera é capaz de captar as “luzes do norte” (northern lights, como eles dizem) em baixa atividade, mostrando o que é invisível a olho nu.

aurora-boreal-estrelas

À espera da Aurora Boreal abaixo de 20 graus e de um milhão de estrelas

 

Umas horas antes de sermos apresentadas pessoalmente, eu captei nas fotos umas manchinhas verdes no céu, provando que ela estava nos rondando, ainda acanhada. Quando, já era hora de levantar acampanhamento, luzes verdes intensas tomaram todo o céu acima das nossas cabeças, ficamos hipnotizados. Acompanhamos por míseros 13 minutos, sem piscar, os movimentos da musa dançante. Depois de presenciar esse show irrepetível, não ficam dúvidas de que tudo vale a pena. Eu enfrentaria frio e espera muitas mais vezes pra ver a Dona Aurora outra vez.

aurora-boreal-lights

Foto: Renata Mesquita

aurora-boreal-lights.2

Foto: http://northerntales.ca/tour/1-night-aurora-viewing

aurora-explodindo

Foto: http://northerntales.ca/tour/1-night-aurora-viewing

A cidade é uma das únicas a receber vôos comerciais regularmente, tem hotéis de cadeia internacional, como Best Western (onde eu fiquei), e outras hospedagens mais boutique.


Confira mais sobre onde se hospedar para ver a Aurora Boreal. 

E sobre as atrações para aproveitar durante dia.

 


Texto e Fotos: Renata Valério de Mesquita

Mais fotos da Aurora Boreal neste site


Facebook Comments

4 Comentários

  • Responder
    Marcia
    06/03/2015

    Lindo, lindo, lindoooooo!!!!

  • Responder
    Giselda
    09/03/2015

    LIndo demais… inacreditável!!!! Presenciar uma maravilha dessas da natureza é um presente de Deus!