O espetáculo inédito Dostoiévski-Trip está em cartaz no CCBB em São Paulo até 18 de dezembro


Cias. Livre e Mundana se reúnem em Dostoiévski-Trip, com texto de Vladímir Sorókin, expoente da nova dramaturgia russa.

Sete anos após a estreia do premiado O Idiota – Uma Novela Teatral, as companhias Livre e Mundana se reencontram em Dostoiévski-Trip, nova viagem ao universo do escritor russo e ao célebre romance publicado em 1869.

Com direção de Cibele Forjaz, o espetáculo, inédito no país, está em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo.

O elenco de Dostoiévski-Trip é composto pelos atores: Aury Porto, Edgar Castro, Guilherme Calzavara, Luah Guimarãez, Lúcia Romano, Marcos Damigo, Sergio Siviero e Vanderlei Bernardino.

A direção de arte do espetáculo é assinada por Simone Mina.

Esta é a primeira montagem brasileira do texto de Vladímir Sorókin – um dos grandes nomes da chamada nova literatura russa –, já encenado em Moscou e Nova York.


A Trama

Na peça, um grupo de viciados aguarda a chegada de um traficante que lhes prometeu trazer uma novidade.

Enquanto isso, conversam, discutem e até mesmo brigam sobre grandes nomes da literatura mundial, como Kafka, Pushkin, Cervantes, entre outros – e seus supostos efeitos.

Contudo, não é um encontro amistoso entre amantes das letras e sim de um bando de pessoas que mal se conhecem, unidos apenas pela condição de viciados em literatura.

Ávidos pela próxima dose, os personagens são lançados em uma jornada pelo universo de Fiódor Dostoiévski (1821-1881).

Em contato com a prosa do romancista russo, os personagens embarcam na trip do título e acabam por protagonizar uma das mais célebres passagens de O Idiota, na qual seus dilemas filosóficos e existenciais se aprofundam e se potencializam transcendendo para as formas do mundo contemporâneo.

Este espetáculo tem um desencanto pós-moderno.

É Dostoiévski tomado como uma droga que a sociedade contemporânea não pode suportar, pois a sua poesia e sua humanidade não cabem mais nesse mundo, em que as relações sociais estão marcadas pela egotrip.

O espetáculo também se beneficia de um traço comum à história recente de ambas as companhias: a pesquisa da obra do alemão Bertolt Brecht, que permeou o processo de criação.

Também foram realizadas “travessias pela cidade” – uma experiência pelas ruas de São Paulo que revelou, em uma sociedade viciada em excessos, um resquício de humanidade em meio ao concreto e à carência das populações de rua.

Além de contrapor o texto russo com a realidade brasileira, a pesquisa de campo evidenciou a atualidade de Dostoiévski, autor que radiografou a burguesia de sua época e sua obsessão por dinheiro, poder e prestígio.

Dostoévski-Trip

Dostoiévski-Trip

Dostoiévski-Trip_


Dostoiévski-Trip, de Vladímir Sorókin

de 28 de outubro a 18 de dezembro de 2017

Sexta, sábado e segunda, às 20h e Domingo, às 19h

Duração: 120 min

Ingresso: R$ 20


Serviço

CCBB SÃO PAULO- Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro. São Paulo-SP

Acesso ao calçadão pelas estações Sé e São Bento do Metrô

(11) 3113-3651/3652 | Quarta a segunda, das 9h às 21 horas


 

Além das apresentações em São Paulo, o espetáculo também cumprirá temporadas em Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte em 2018, então, fique de olho! 😉 

 


 

Facebook Comments

Sem Comentários