Faraya é uma vila do Líbano localizada no distrito de Kesrwan, com uma altitude que varia de 1.600 a 2.300m acima do mar. A 44 km de Beirut, e 20km de Jounieh, a estrada para lá, pela costa, passa por Ajaltoun, Ashqout, Faytroun, Mairouba e Hrajel.

 

Faraya-mapa

Seu nome remete à origem fenícia e faz referência à fertilidade do lugar, suas frutas e vegetais.

O primeiro elevador de esquis foi instalado em Ouyoune el Simane em 1960, iniciando a tradição daquela que é considerada a melhor e bem equipada estação daquele esporte de inverno, com diversos hotéis, resorts e chalés. Mzaar Kfardebian, como também é conhecida a estância, fica a uma hora de Beirute ou a tão somente trinta minutos da praia mediterrânea mais próxima.

Com um clima bastante temperado, no verão, entre julho e agosto, a temperatura local pode alcançar 30°C (86°F) e, no inverno, Faraya faz tanto frio que o acúmulo de neve que pode chegar a 1,5m e uma temperatura de a -6 °C (21 °F) ou ainda mais baixo.

faraya-libano

(Crédito: divulgação)

INVERNO

Juntamente com Mzaar KfardebianFaraya é uma das maiores atrações de inverno no Líbano, por suas pistas de ski, pela beleza do branco- de onde inclusive surgiu o nome “Líbano”, pelo clima romântico dos chalés, estilo suíços e por ser o único local com pista de ski a céu aberto em todo o Oriente Médio. Aliás, o Líbano é o único país dessa região que não possui deserto, mas sim,  mar e diversas montanhas.

Além dos resorts, dois locais bastante badalados e procurados neste período, principalmente por casais durante o Valentine’s Day (Dia dos Namorados), comemorado internacionalmente em 14 de fevereiro, são o iGloo, mais balada e Chez Michel, restaurante do Hotel Terre Brune.

Faraya-Inverno-ski

(Crédito: Walid Khalil)

Faraya-Inverno-ski-1

(Crédito: Walid Khalil)

Faraya-Inverno-ski-3

(Crédito: Walid Khalil)

faraya-ski-resort

(Crédito: Walid Khalil)

VERÃO

No verão, a cidade não fica menos agitada. Uma data muito comemorada entre eles, tão agitada como o reveillón para os brasileiros, é o St Mary’s Day (Dia de Ascenção de Virgem Maria) , comemorado todo 15 de agosto, com fogos de artificio e shows musicais.

Ainda no verão, o famoso restaurante Rikkyz, aos domingos, faz churrasco com música ao vivo que agita a moçada desde as 11ham até o entardecer, por volta das 19h.

Já, aqueles que preferem sossego, e ainda querem aproveitar o clima mais ameno do alto da montanha, a boa opção, muito procurada pelos libaneses mais descolados, como artistas, cantores e até políticos é o Le Montagnou. Esse hotel propicia uma vista deslumbrante do Mediterrâneo, além da piscina com borda infinita cercada por uma paisagem espetacular, um ambiente típico de chalé suíço, tudo regado por boa comida e bons vinhos.

Faraya-montanha

O caminho tanto subindo como descendo a montanha, é um caso à parte! Paisagens impactantes. (Crédito: Dalila Barakat)

Faraya-Rikkyz-verao-churrasco

Churrasco do Rikkyz. (Crédito: Dalila Barakat)

Faraya-Rikkyz-verao-musica

Balada a céu aberto, no Rikkyz, durante o dia. Bom demais. (Crédito: Dalila Barakat)

Faraya-Rikkyz-verao-amigos

Com alguns brimos que, como eu, não moram lá mas costumam visitar o país durante o verão. (Crédito: Dalila Barakat e seu selfstick)

Faraya-Rikkyz-verao-Dalila

(Crédito: Dalila Barakat e seu selfstick :p )

Faraya-Le-Montagnou

Sossego e clima ameno no Le Montagnou durante o verão (Crédito: divulgação)

 

HOSPEDAGEM

 

Além do Le Montagnou, já citado acima, outros três hotéis bem conceituados na região são o  Intercontinental, o Terre Brune, que oferece piscina ao ar livre, spa com serviços de massagem, saunas seca e a vapor e ótimos restaurantes e o L’auberge de Faqra,  com pistas de esqui privativas para seus hóspedes e diversas atrações para as crianças!

Faraya-Mzaar-Hotels

Mapa dos hotéis próximos às pistas de ski (Crédito: Skileb)

faraya-mzaar_hotel-intercontinental

Hotel Intercontinental Mzaar (Crédito: divulgação)

terrebrune-hotel-faraya

Hotel TerreBrune, no verão (Crédito: divulgação)

 

 


Texto: Dalila Barakat

Fotos: Dalila Barakat, Divulgação e Walid Khalil, um amigo que mora em Faraya e é guia turístico.


 

Confira nosso Guia do Líbano

 


 

Conheça pessoalmente a história de cada cidade e ponto turístico do Líbano, contratando nosso roteiro através do contato@mileumaviagens.com.br

 


 

Facebook Comments

15 Comentários

  • Responder
    William
    31/01/2016

    Vontade de pegar um avião e passar pelo menos 1 mês, adoro a cultura árabe com certeza ainda farei esta viagem.
    Parabéns pelo trabalho, aliás viajar e compartilhar esses momentos não pode ser considerado trabalho, porque viajar é repor as energias do corpo e do espírito.

  • Responder
    Natalia
    31/01/2016

    Adorei as dicas, lugar muito bonito. quem sabe um dia néh rs.
    Você sempre arrasa nos posts, parabéns!!!
    bjs

    • Responder
      02/02/2016

      Natalia, obrigada!!!
      Como é bom ter este tipo de retorno. Me dedico tanto pra isso. 🙂
      E com relação à Faraya com certeza você irá, ainda esse ano, só depende de você.
      Bjs,
      Dalila.

  • Responder
    Sasha
    31/01/2016

    Beautiful place , in any season is an excellent destination to visit!!

    • Responder
      02/02/2016

      Yes, Sasha.
      I loved the place and the company. Let’s try to meet there again this year, inshala. 🙂
      I am glad you had understood the text in Portuguese.
      Baussi,
      Dalila.

  • Responder
    Cris
    16/03/2017

    Definitivamente eu tenho que incluir o Líbano na lista! A cada post que leio é sempre uma feliz surpresa!

  • Responder
    Gê Azevedo
    16/03/2017

    Dalila, que encanto! Eu desconhecia totalmente essa maravilha!!! Fiquei admirada de ver esse cenário com neve! Obrigada por compartilhar!

  • Responder
    17/03/2017

    Gente, não fazia ideia de que tinha tudo isso no Líbano! 😮
    Fiquei besta! Que legal! Obrigada por compartilhar, deu vontade de ir conhecer 🙂
    Bjos

  • Responder
    17/03/2017

    O Líbano parece ser um país incrível!! Adorei as pistas de esqui!!
    Uma pena que essa região do planeta seja tão conturbada.Se não tivesse vizinhos tão problemáticos certamente poderiam usufruir do potencial turístico que tem.
    Obrigado por compartilhar 😀