O charmoso Grand Rotana Resort & Spa de Sharm el Sheikg, no Egito, em família! 

Fazer viagem em família para Sharm El Sheikh, no Egito, definitivamente foi a melhor ideia que eu pude ter.

O famoso balneário egípcio localizado na península do Sinai, com uma média de 34.000 habitantes, tem uma imensa infraestrutura no mundo turístico.

Saindo do Líbano, as companhias aéreas de maior acesso são Egyptair e MEA (Middle East Airline).

A maior parte dos hotéis nesta região são, na verdade, imensos resorts de luxo com refeições all inclusive (café da manhã, almoço e jantar).

 

 

 

O RESORT Grand Rotana Resort & Spa 

O hotel que escolhi para mim e minha família foi o Grand Rotana Resort & Spa, que possui 526 quartos e suítes e 10 restaurantes, e oferece, como atrações externas, mergulho, snorkeling, windsurf e outros esportes aquáticos, além de passeios a cavalo e camelo e safaris no deserto e, como atração interna, oferece atividades culturais e, a principal, pra mim, atividades infantis!

 

Uma experiência inesquecível.

 

Logo de manhã, a criançada é chamada para atividade na piscina, dança, gincanas, depois tem a sala de atividade onde passam o dia fazendo pinturas, trabalho manual e brincando no playground, que fica perto da piscina infantile, portanto, dá para a mamãe ficar de olho e tranquila.

 

A paisagem do hotel é algo mágico. Seus olhos são atraídos pela praia e paisagens de deserto sem fim, que contrastam com a água cristalina do Mar Vermelho.

 

O resort está localizado nas margens da Baía de Tubarão, a 8 km do Sharm El Sheikh Aeroporto Internacional, a 7 km de Na’ama Bay e a apenas 1,5 km do Centro de Congressos Internacional Sharm El Sheikh.

 

As atrações do resort são tantas, que te dão a opção de ficar entretida por lá sem precisar sair, porém, claro, nós acabamos saindo para conhecer a cidade.

 

Vale citar aqui que essa viagem aconteceu em dezembro, próximo ao Natal e reveillón, quando a temperatura varia entre 18 e 25 graus. Por isso, acabei não fazendo snorkeling. Tava friozinho para descer 5 metros abaixo da água kkk. Portanto, se você for para Sharm El Sheikh pensando nos esportes aquáticos, minha sugestão é ir no meio do ano, de junho até setembro ou outubro.

 

grand-rotana-room

 

grand-rotana-pool

 

sharm-el-sheikh-10

 

grand-rotana-kids

 

sharm-el-sheikh-kids

 

sharm-el-sheikh-7

 

NOITE

Bom, na primeira noite fomos curtir um Night Cruise. A própria companhia te busca no hotel e te levam até o iate para o jantar. A festa já começa super animada, com mágicos, dançarinas e cantores. O Jantar é simples, com comida típica e o ambiente é agradável. Se você for nesta mesma época de ano, lembre-se de se agasalhar bem, faz muito frio em alto mar.

 

Na’ama Bay é um dos pontos turísticos de Sharm El Sheikh, uma avenida onde não passa carros, e nos dois lados têm restaurants, baladas e pubs. Na frente de todos esses restaurants, tem pessoas fazendo de tudo para chamar sua atenção e fazer você entrar no restaurante dele. Tem que ir no clima esportivo, senão, você se irrita.

 

A noite lá é super animada e eles ficam até umas 5hrs, 6hrs da manhã.

O comércio reabre apenas umas 14hrs, e lá você pode comprar souvenirs, roupas típicas, especiarias e condimentos. Um comércio (souk) grandíssimo!

 

Soho Square é um point mais recente em Sharm El Sheikh, onde você encontra restaurantes mais finos e de todos os tipos, desde chinês, japonês, tailandês até italiano, tudo lá é mais novo e mais sofisticado.

Além de restaurants, tem shows por lá e um parque de diversão para as crianças, onde elas podem se divertir horrores.

 

Tem um Ice Bar muito legal. Você paga a entrada, eles te dão uma roupa especial e oferecem hot chocolate ou algum outro drink diferente.

 

sharm-el-sheikh-dance

 

sharm-el-sheikh-3

 

sharm-el-sheikh-6

 

TOUR

Tem o tour pelo Monte Sinai com a 4moto .

 

O passeio começa mais ou menos às 4hrs da tarde e a gente volta no pôr-do-sol, é a coisa mais linda.

 

É você quem dirige o próprio quadriciclo e fazemos a famosa parada para fotos, além de nos contarem um pouco da historia do Monte Sinai.

 

Devemos estar todos cobertos com o turbante árabe, só o olho de fora e, de preferência, colocar o óculos para se proteger da areia.

 

Passeio super recomendado para quem viaja com amigos, de lua de mel ou em família.

 

Fiquem de olho na nossa próxima viagem que vai ser muito legal! Estamos programando, eu e a Dalila, de irmos a algum lugar aqui do Oriente Médio juntas!

 

 

sharm-el-sheikh-4

 

sharm-el-sheikh-5

 


Syham El Orra é líbano-brasileira, nasceu e cresceu no Brasil e foi morar no Líbano aos 20 anos.

Hoje ela é casada, tem dois filhos, coordena duas lojas de roupas femininas chamadas Luxuss Boutique no Vale do Bekaa, Líbano, e contribui para o blog Mil e Uma Viagens viajando muito e sempre em família.


 

Facebook Comments

2 Comentários