A Interjet, cia aérea mexicana escolhida para irmos da Cidade do México a Los Cabos, foi uma agradável surpresa.

 

A Interjet iniciou suas operações em 2005 e já atende 47 destinos, sendo 38 mexicanos e 9 internacionais, em mais de 270 vôos diários, com aeronaves Airbus A-320 e os russos Superjet 100.

Em abril de 2016, a convite do Sheraton Hacienda del Mar, fomos à Los Cabos.

Pra fazer essa rota, as opções eram: Interjet, Volaris e Aeroméxico.

Confesso que escolhemos a Interjet pelo preço, pois até então não a conhecíamos. E posso dizer com convicção que, até hoje, foi um dos melhores atendimentos desde o balcão de check in até os comissários de bordo.

interjet-3

A compra do bilhete

Quando faço viagens curtas dentro de um mesmo país, geralmente peço para algum amigo que mora no local comprar a passagem, pois sempre sai bem mais barato!

E dessa vez não foi diferente. Um amigo mexicano comprou nossas passagens e o pagamos em dólar ao chegar no destino, compensava muito, já que se eu comprasse daqui seria na moeda local, ela seria convertida em dólar e depois em real, com uma cotação altíssima, mais o IOF do cartão. No way!

Agora, se você não tem um amigo que mora no local, a SUPER DICA é trocar a versão do site.

Por exemplo, quando compro de Bogotá para Cartagena pesquiso pelo Despegar colombiano ou, neste caso, da Cidade do México para Los Cabos, pesquisei por aqui: www.despegar.com.mx 😉

interjet-despegar

interjet-despegar-mexico

Balcão de Check in

Foi aqui que eu me encantei!

Na pressa, ao fazer as malas em Los Cabos para voltarmos à Cidade do México, acabei deixando a necessaire com líquido acima de 100ml na mala de bordo. Coisa de amador. Justo eu que sempre lembro meus seguidores do snapchat para tomarem esse cuidado. Mas, enfim, acabou acontecendo comigo. Na realidade, achei que, por ser um vôo local, eles permitiriam como ocorre em Congonhas- aeroporto de São Paulo que faz vôos nacionais. Só que não. rs

Atendimento

Então, o policial que faz a vistoria pré policia federal, aquele do raio-x, sabe, identificou e pediu para eu deixar os produtos no aeroporto. Eu disse que havia acabado de comprar aqueles líquidos, que eram um bronzeador gringo e 2 demaquilantes da Lancôme e que estavam hiper embalados (sempre coloco os potes com liquido dentro de saquinhos de plástico e fecho com esparadrapo).

Ele gentilmente me disse: “olha, se quiser eu permito que você volte ao balcão de check in e tente despachar isso, mas a bordo, infelizmente, não é possível.” Foi o que eu fiz. Voltei ao moço simpático do check in que já tinha reservado nossos assentos nas janelas, uma em cada fileira, e ele disse que eu poderia despachar a necessaire mas dentro de algum compartimento maior e duro, caso contrário, ela iria ser danificada durante os transportes.

Eu fiquei olhando pra cara dele sem saber o que fazer e olhando pro relógio com medo de perder o vôo, quando ele então sorriu e acabou encontrando uma caixa de papelão, com a qual cobriu a necessaire. Achei de uma gentileza única, pois ele não tinha obrigação nenhuma de fazer isso. Pena que esqueci o nome deles mas eu disse que faria um post e colocaria a foto dele, merecidamente, elogiando o serviço. *.*

interjet-checkin-1

interjet-checkin

O Avião

Aeronave em excelente estado, com poltronas de couro, confortáveis e espaçosas.

Oferece aperitivos gratuitos, bem diferente da Azul e da Gol, cias aéreas brasileiras que como a Internet são focadas em destinos nacionais. O atendimento dos comissários de bordo também foi impecável.

Com certeza volto a voar pela Interjet, ainda que o preço não seja o melhor, vale a pena o custo benefício.

interjet-1


Texto: Dalila Barakat

Fotos: Dalila Barakat e Divulgação


Confira outros reviews aqui

Four Seasons Cidade do México

Marquis Reforma Cidade do México

Sheraton Hacienda del Mar, Los Cabos

Como é viajar de Business pela LATAM

Mini Guia da Cidade do México


Reserve seu Hotel Conosco

 



Booking.com


 

Facebook Comments

6 Comentários