Neste texto não vou falar dos lugares mais conhecidos, porque esses todo mundo já sabe ou encontra em qualquer outro site. Dessa vez não vou também entrar nas fantásticas sobremesas, nem nas praias lindíssimas do mar Egeu, nem nas 1001 cidades antigas espalhadas pelas costas da Turquia, cada vez melhor escavadas, mas vou contar 4 Istambul insiders que turistas não conhecem, mas com certeza vale à pena.


1. A Mesquita Subterrânea, em turco: Yeralti Camii

A palavra “Camii” quer dizer mesquita em turco, e o som da letra C não é de “K”, é de “dj”. Então, o jeito certinho de falar mesquita em turco é “Djami”.

Ela está em Karaköy, muito fácil de achar, bem pertinho da ponte Galata. A história deste lugar interessante vai até o século seis, da época bizantina, quando Istambul ainda era Constantinopla.

Originalmente parte de uma fortaleza chamada de “Kastellion” foi convertida em mesquita ao redor do ano 1753.

Endereço: Yeralti Camii, Kemankeş Mahallesi, Karantina Sokak No. 20, Karaköy – Istanbul

 

istambul-mesquita

istambul-mesquita-2

 

 


2. Comer um “Cağ Kebabi”, pronunciado: “Djah”

Um dos melhores lugares que serve esse prato fica ao lado da Mesquita Rüstem Paşa. à 3 minutos à pé do Bazar das Especiarias.

É um restaurantezinho chamado de “Osmanli Kebapçisi“, onde não deve-se esperar um serviço de 5 estrelas, é um lugar bem rústico e simples, mas essa delícia originária do leste da Turquia (da província Erzurum) é super gostosa.

Endereço: Osmanlı Kebapçısı, Rüstem PaşaMahallesi, Uzunçarşı Sokak No. 250, Eminönü – İstanbul

 

ISTAMBUL-KEBAB

ISTAMBUL-KEBAB-1


3. A Igreja do primeiro dia do mês, em turco “Ayin Biri Kilisesi”

O nome é esse mesmo. É uma das 75 igrejas gregas ortodoxas em Istambul.

No primeiro dia de cada mês você vê uma multidão de pessoas que chegam para fazer um desejo ou pedido, comprando uma ou mais chavezinhas que são vendidas lá na igreja mesmo por uma ou duas liras turcas (super baratinho).

E se o seu desejo foi cumprido, você traz a chave de volta e ela será vendida para uma outra pessoa.

Desse jeito, as pessoas acreditam que a energia positiva da pessoa da qual o desejo ou pedido foi cumprido, espalha energia positiva para o próximo dono da chave também. Não é legal?

E não pensem que são só os cristãos que vão, de fato, a maioria das pessoas são turcos muçulmanos mesmo.

Também tem uma fonte de água, considerada sagrada, a história da água é desde os anos 1000 d. C. e tem várias lendas sobre ela.

Endereço: Ayin Biri Kilisesi, Hacı Kadın sokak, Katip Çelebi Caddesi No. 13, Fatih – İstanbul
(Do Bazar das Especiarias daria para andar por 25 a 30 minutos).

 

istambul-Igreja

istambul-Igreja-1

 


4. O mercado das mulheres, em turco “Kadinlar Pazari”.

Lugar muito diferente, uma reflexão do leste da Turquia, eu amooo.

Não aconselho muito para quem é vegetariano, pois tem muita carne. Mas para quem gosta, é “o” lugar.

Aqui, tem uma especialidade chamada de “Büryan Kebabi“, então, tenta vir com fome kkk.

Eu gosto muito do restaurante chamado de “Şeref Büryan“, o prato é super simples com pão turco e, em cima, a carne. Mas o sabor…hmmm.

E ainda, fica ao lado do antigo aqueduto romano. Não esqueçam as máquinas, aqui é um lugar para fazer muitas fotos.

Endereço: Şeref Büryan, Zeyrek Mahallesi, İtfaiye Cd. No. 4, Fatih – İstanbul
(Não é muito longe da igreja do primeiro do mês, uns 8 a 10 min. no máximo, do outro lado da grande avenida).

 

istambul-mercado

istambul-mercado-1

 

 


Texto e Fotos: GuiaTurca, guia licenciada em diversas línguas e parceira do Mil e Uma Viagens.


 

Confira aqui mais 1001 Dicas da Turquia

 


 

Facebook Comments

Sem Comentários