México vai muito além de Cancun e Tulum, muito além de mariachis, sombreros, cacto e taco.

Aliás, os tacos e a comida mexicana, em geral, é totalmente diferente daquela que a gente conhece no Brasil, que é a tex-mex, adaptada para brasileiros e americanos.

A do México tem muito mais tempero, não só pimenta, mas mais caldos e cores.

Por falar em cores, o México é um país rico em tudo o que você possa imaginar.

Além da gastronomia, eles têm pirâmides maias, pirâmides astecas, vulcões, montanhas, monolitos, canais, águas termais, praias do Caribe, do Pacífico, do Golfo do México e até do Golfo da California.

A verdade é que o México é tão imenso e mantém tão forte suas tradições que podemos dizer que são completos com relação a opções turísticas.

A Secretaria de Turismo chegou a desenvolver um Programa chamado Pueblos Magicos onde foram estabelecidos 111 municípios como mágicos por suas características culturais marcantes.

Fui ao Mexico 6 vezes e percorri, além de lindas praias, algumas cidades coloniais muito interessantes e é isso que quero compartilhar com vocês aqui, o além do comum, além de Cancun e Tucum, que todo mundo já conhece.

Então, considere este post como um Guia do México e volte sempre pois o estarei atualizando com frequência, ok? 🙂

mexico-mapa


Capital – Cidade do México

Bom, antes de mais nada, você deve conferir o post onde dou 5 dicas do que fazer na Cidade do México (CDMX).

Sim, a capital mexicana deve ser visitada nem que seja como um stopover por pelo menos 2 a 3 dias, principalmente o Centro Histórico e as pirâmides de Teotihuacan.

O vulcão de Toluca também é muito bonito e próximo.

Veja aqui porque.

catedral-metropolitana-cidade-do-mexico

(Foto: © Digital Vision/Getty Images)


Puebla

Puebla é a cidade colonial mais próxima da CDMX, conhecida por sua arte e gastronomia.

Está há 130 km para o sul da capital, dá para fazer um bate-volta tranquilo!

Os pratos mais famosos em todo o país são os moles poblanos. (Eu não gostei, mas sou fresca pra comida, então, considere isso).

Veja mais sobre Puebla.

Seguindo ainda pelo sul, a dica dos lugares para visitar são Oaxaca, que faz fronteira com Puebla e Chiapas, que faz fronteira com Oaxaca e Guatemala.

Ambos estão na minha lista para 2017!

puebla-mexico-21

Os famosos moles poblanos


Yucatán

Localizado no sudeste do México, está a já conhecida península de Yucatán, berço da civilização maia, onde encontra-se a famosa pirâmide Chichen Itzá, as praias de Tulum, Xcaret, entre outros.

Bem ao lado, está Quintana Roo, onde fica localizada Cancun.

Veja mais sobre Yucatán.

El Castillo-Chichen_Itza

El Castillo, Chichen Itza


Taxco

Taxco é a cidade da prata e do ouro. Mais prata, na verdade. E das casas e carros branquinhos.

Além de diversas minas e lojas de prata, Taxco é repleta de igrejas barrocas, palácios, pequenas praças e ruas povoadas de mansões centenárias

A cidade está localizada no norte do estado de Guerrero, a 170 km da CDMX, aprox 2 horas e meia de carro, com uma estrada super boa.

Mas, mesmo que você vá de carro até lá, a dica é, dentro da cidade, andar de taxi, que são os fusquinhas brancos, pois algumas ruas são muuuuito estreitas.

Saiba mais sobre Taxco de Alarcon.

taxco-de-alarcon-pueblo


Peña de Bernal

Peña de Bernal é o terceiro maior monolito do mundo depois da Rocha de Gibraltar, na Espanha e do Pão de Açúcar, no Brasil.

Está localizado na cidade de Bernal, pertencente ao município Ezequiel Montes, no estado de Querétaro, México.

Além da gigante pedra que pode ser escalada até por amadores, o centro histórico pode e deve ser explorado com calma.

Afinal, Bernal é um dos 111 Pueblos Magicos com ruas de paralelepípedos, restaurantes, artesanato, barracas de comida tradicional e casas coloridas.

Veja mais sobre Peña de Bernal.

pena-de-bernal-panoramica


Querétaro

Santiago de Querétaro a cidade mexicana que mais gostei até hoje.

Seu centro histórico é tão charmoso e pitoresco como o das outras cidades coloniais que já visitei, mas essa tem um ar de elegância a mais.

É bem preparada para receber os turistas de todos os estilos e considerada uma das melhores cidades da América Latina tanto para se viver como para fazer negócios. Ohhh.

Fica a 221 km a noroeste da Cidade do México, 96 km a sudoeste de San Miguel de Allende e a 200 km ao sul de San Luis Potosí.

Me deu vontade de morar lá, juro.

É perto da capital e tem um ar bem mais tranquilo, mais leve e, como já disse, mais chique também.

guia-mexico-queretaro

Querétaro no Natal. *.*


San Miguel de Allende

San Miguel de Allende, localizada no estado de Guanajuato, é uma cidade que consegue ser ao mesmo tempo pitoresca e cosmopolita.

Pode ser uma parada na sua rota de Zacatecas à Cidade do México (ou o inverso, na ida).

Seu centro histórico é preenchido pos edifícios bem preservados dos séculos 17 e 18.

Em 2008 foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO juntamente com o vizinho Santuário de Jesus Nazareno de Atotonilco (considerada a Capela Cistina mexicana).

Considerada por muitos como a cidade mais bonita do México e, por mim, como a mais romântica.

[#Mexico] Centro histórico de San Miguel de Allende visto pelo mirante Caracol, a caminho de Queretaro. Uma mini Europa no meio no Mexico.

[#Mexico] Centro histórico de San Miguel de Allende visto pelo mirante Caracol, a caminho de Queretaro. Uma mini Europa no meio no Mexico.


Guanajuato

Entre San Miguel e Guanajuato, está o Pueblo Magico Dolores Hidalgo, reconhecida como o Berço da Independência do México. Vale a pena a parada para uma visita.

Guanajuato é o estado mais rico em cultura, história e culinária do México e está localizado no centro do país, fazendo fronteira com os estados de Jalisco, San Luis Potosí, Zacatecas, Durango, Querétaro e Michoacán.

A cidade de Guanajuato, capital do estado e Patrimônio Mundial da UNESCO, oferece um plano de cidade cheio de ruas sinuosas e curvas inesperadas, túneis e becos esperando para serem explorados ao som de músicos e artistas.

O centro histórico é um cenário perfeito para a vida boêmia.

Os cafés e bares que cercam o Jardín de la Unión, principal ponto de encontro, ficam lotados todos os dias e noites.

guia-mexico-guanajuato


Zacatecas

Zacatecas é uma cidade mexicana estilo faroeste e capital do estado do mesmo nome.

Originalmente “Minas de los Zacatecas”, quando habitada por indígenas, ao ser fundada pelos espanhóis em 1546, ganhou o nome de “Nuestra Señora de los Zacatecas”.

Em 1993 a UNESCO declarou a parte antiga da cidade Patrimônio Histórico da Humanidade.

Muito próximo está o Pueblo Magico de Jerez, para onde vale a pena a visita se você estiver com tempo sobrando.

Falarei mais sobre ambas cidades em um post específico. Fique de olho.

guia-mexico-zacatecas

 


Los Cabos

Los Cabos é um dos destinos de praia mais belos e disputados do México.

Uma alternativa chique e exclusiva às famosas Cancun e Riviera Maia, tão conhecidas e exploradas pelos brasileiros.

Muito badalado entre os americanos, é comum se deparar com astros de Hollywood por lá.

Localizado na ponta da Península da Baixa California, é conhecido como “O fim da terra”, por ser a última porção de terreno desta península.

É praticamente um território compartilhado entre o México e os Estados Unidos.

Veja mais sobre Los Cabos.

los-cabos-mexico-rocks

 


Riviera Nayarit e Puerto Vallarta

São dois destinos próximos um do outro e estão super em alta no México.

Celebridades americanas e mexicanas só vão pra lá atualmente.

As praias aqui não são tão quentinhas e tranquilas como as da Riviera Maia, pelo contrário, como são do Pacífico, são bem agitadas.

Mas o maior ponto positivo aqui é que dá para encontrar as raízes mexicanas tais como são, sem a interferência gringa que tem Cancun e Los Cabos. Você sente e vive a cultura, principalmente em Puerto Vallarta.

Nayarit é mais pra relaxar nos maravilhosos hotéis e resorts de suas praias.

Eu recebi o convite 2x pra ir pra lá mas as datas não coincidiram ainda, então, enquanto isso, deixo o link de outro blog que conta sua experiência, o Viagens Cinematográficas.

 

mexico-muito-alem-de-cancun-e-tulum-riviera-nayarit-islas-marietas-4

(Foto: divulgação)

 

 


Texto e fotos: Dalila Barakat

Foto da capa: www.mexperience.com



Confira mais dicas mexicanas 

 


 

Viaje tranquilo com o Mil e Uma Viagens.

Conheça nossos parceiros e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso.
Reserve seu hotel em qualquer lugar do mundo com o Booking.
Alugue seu carro com a Rent Cars. Compare os melhores preços e reserve já o seu.
Garanta a internet no seu celular. Compre o chip do Easy Sim 4u.

 


 

Facebook Comments

13 Comentários

  • Responder
    27/01/2017

    Parabéns pelo post tão completo e pelas imagens maravilhosas. Deu para ver que conheço muito mal o México. Na verdade, isso se poderia aplicar à maior parte dos países, conhecemos a capital e um ou outro lugar adicional, mais popular, e perdemos uma riqueza imensa.
    Abraço desde Portugal
    Ruthia d’O Berço do Mundo

    • Responder
      12/04/2017

      Isso mesmo Ruthia,
      Não devemos nos limitar a conhecer apenas a capital principalmente quando é uma grande metrópole. Amsterdã por exemplo não representa a Holanda pra mim de forma alguma. Assim é com a CDMX e outras tantas. 🙂

  • Responder
    27/01/2017

    Que lugares incríveis!!! Só conheço Cancún e Chichen-Itza. Adorei San Miguel de Allende. Parece ser bem interessante e eu adoro visitar lugares que são considerados Patrimônio da UNESCO.
    Parabéns pelo post!
    Abraços
    Carolina

    • Responder
      28/01/2017

      Carol praticamente todos estes lugares descritos acima são tombados e Patrimônio da UNESCO, então, imagina a lindeza, né?
      Se for a San Miguel me conta depois o que achou, please? 😀

  • Responder
    28/01/2017

    Adorei Los cabos, que foto maravilhosa, deu vontade de conhecer!
    Parabéns pelo post!

    • Responder
      28/01/2017

      Los Cabos foi uma descoberta. Vale a pena, viu.
      É uma California com toques mexicanos. kkkkk