Bogotá é encantadora. Já estive lá 5x e toda vez descubro novos lugares (e pessoas) que me encantam. Abaixo, listo os 5 (ou 8) principais lugares para você visitar na capital colombiana. Então, confira conosco o que fazer em Bogotá.

 


1- Cerro Monserrate

Se o tempo estiver bom, Monserrat é um ponto obrigatório em Bogotá. Uma montanha com vista panorâmica para toda a cidade.

Há séculos era um local que atraía os povos nativos por motivos religiosos e, pouco tempo depois da chegada dos espanhóis, eles aproveitaram a crença e o local para construir uma pequena igreja no topo, que continua atraindo milhares de pessoas.

Há dois deliciosos restaurantes lá encima.

Minha dica é ir bem cedinho, almoçar lá e depois visitar o centro histórico que está muito próximo.

Veja aqui o review completo do Cerro Monserrate.

Não é tão perto dos bairros mais centrais, então, você pode tanto ir de Uber como de carro alugado.

Confira aqui os valores para ver o que compensa.

Eu, particularmente, não gosto do serviço de Uber em Bogotá. Comigo aconteceu diversas vezes deles cancelarem a viagem e ainda sou cobrada por isso.

cerro-monserrate-bogota


2- Candelária

 

O bairro La Candelária está localizado no centro histórico da cidade.

Passeie por suas ruelas repletas de casinhas coloniais coloridas, por lá irá encontrar barzinhos, muitos grafites, poetas e pintores.

A maioria das construções do bairro La Candelaria foram declaradas como Patrimônio Histórico.

Nesta zona do centro histórico de Bogotá, existem cerca de 500 instituições ou grupos artísticos, museus e centros de pesquisa, além de teatros, bibliotecas e universidades.

Mais abaixo, descendo qualquer uma de ruas ruas, você irá encontrar a Plaza Bolívar, a Catedral Principal e o Capitólio Nacional.

A Catedral está fechada às 2fs, assim como muitos dos museus, mas bem ao lado tem uma igreja pequena com uma energia incrível!

bogota-candelaria-1
bogota-candelaria-placas

2.1- Museu Botero

O Museu Botero está localizado na Candelária e foi idealizado pelo próprio pintor.

Ele reúne diversas obras do artista doadas por ele mesmo, além de outras peças de grandes nomes como Picasso e Renoir, que compunham seu acervo pessoal.

A entrada é gratuita.

Caso você se intetesse, há o Museu da Moeda, também gratuito e na mesma rua do Museu de Botero.

bogota-museu-do-botero

bogota-museu-do-botero-4

2.2- Centro Cultural Gabriel Garcia Márquez

Na mesma rua, está o Centro Cultural Gabriel Garcia Márquez, com um simpático café e uma enorme livraria.

Ali se sente viva a presença dele e de suas obras. Entrada gratuita.

 

bogota-candelaria-gabriel-gaqrcia-marques

 

2.3- Museu do Ouro

O Museu do Ouro também está localizado no centro histórico de Bogotá e abriga mais de seis mil artefatos feitos de ouro pelos nativos que habitavam a região antes da chegada dos europeus.

Os detalhes dos objetos e a história contada através de cada um deles é de impressionar.

Além de um café muito agradável e gostoso, no subsolo, o San Alberto (melhor que Juan Valdez e Oma!), encontra-se uma loja com objetos de ouro e prata um mais lindo que o outro. Comprei um brinco maravilhoso lá. Tem para todos os gostos e bolsos.

O Museu do Ouro está fechado às 2feiras.

 

bogota-museu-do-ouro-1

bogota-museu-do-ouro-5

 


3- Catedral de Sal

A Catedral de Sal é emocionante. Superou muito minha expectativa.

Construída no interior das minas de sal de Zipaquirá conta com cerca de 13 capelas que representam a Via Crucis. São estações que consistem em pequenos altares talhados em rocha de sal.

Me emocionei MUITO durante o caminho, ao som ambiente de Ave Maria.

A uma hora de distância da cidade, com certeza vale o deslocamento.

A melhor forma de se chegar é alugando um carro ou contratando um taxi/motorista para o período de aproximadamente 4 horas.

Você pode também ir de Uber, mas na volta pode não ser tão simples encontrar um.

De ônibus, o acesso é bem complicado, você terá que fazer uma boa caminhada à pé até chegar na catedral pois ele pára no centro histórico da cidade de Zipaquirá (lá embaixo) e lembre-se de que na cidade chove muito.

bogota-catedral-de-sal-1

bogota-catedral-de-sal

 


4- Zona Rosa

 

Localizada entre as Calles 79 e 85 e entre as Carreras 11 e 15, a Zona Rosa deve ser conhecida andando a pé.

Durante o dia você pode fazer compras nas grandes lojas de marcas como Zara e Mango, que ficam na rua, ou entrar nas galerias, como o Centro Comercial Andino, que seria o equivalente ao shopping Iguatemi de SP, e o Retiro.

Dentro da Zona Rosa ainda está a famosa Zona T que fica entre as Calles 82 e 83 e entre as Carreras 12A e 13.

A Zona T possui duas ruas em formato da letra “T” onde não passam carros, apenas pessoas procurando um barrestaurante ou discoteca entre as diversas opções.

É, portanto, a área mais badalada da cidade, qualquer dia da semana.

four-seasons-bogota-andino

bogota-zona-rosa-1

 


5- Usaquén

Bairro residencial muito charmoso. Já fiquei hospedada lá uma vez por 15 dias e não me cansei.

Pude provar alguns dos seus diversos tipos de restaurantes.

Aos domingos acontece a feira de artesanato onde é possível barganhar boas lembracinhas para trazer pro Brasil ou simplesmente conhecer um pouco mais da cultura local.

 

 


DICAS EXTRAS

 

  • A cidade fica a mais de 2.600 m acima do nível do mar, portanto, se você tiver muita sensibilidade à altitude, não exagere no primeiro dia, faça algo mais tranquilo e sem pressa.

 

  • Eu usei o chip de celular Easy Sim 4U e funcionou muito bem, por isso recomendo. Basta clicar no link e selecionar seu plano.

 

  • Normalmente, chove-se muito de outubro a dezembro, portanto, melhor garantir-se levando roupa de frio e, principalmente, algo que te proteja de chuva, como botas e casacos.

 

  • Caso você não vá prevenido tudo bem, porque as lojas da Zona T são incríveis e o real vale muito comparado ao peso colombiano, portanto, sempre volto com a mala mais cheia. 😀

 

  • O melhor lugar para você efetuar o câmbio são nas lojas do Western Union pois eles não cobram taxa, mas precisa apresentar passaporte. Lá, diferente das outras casas de câmbio, eles não aceitam a carteira de identidade de estrangeiro. Cuidado! As casas de câmbio do aeroporto cobram valores exorbitantes.

 

  • Os 16% de IVA pagos em algumas compras pode ser restituído no aeroporto antes de fazer o check-in, mas apenas se você efetuou o pagamento através de cartão de crédito e se no seu voucher de entrada no país, você tiver o selo de turismo. Portanto, na imigração, nunca diga que você está lá a trabalho.

No caso de roupas e acessórios, muitas vezes eles pedem para mostrar todas as peças descritas na nota fiscal, por isso é importante ir à essa salinha antes de despachar sua mala.

No caso de hotel, o ideal é você reivindicar o desconto de 16% de IVA logo na sua chegada. Esse, acredito que não dá para ser restituido no aeroporto.

  • Mais sobre a moeda, vacinas e até sobre a violência na Colômbia, você pode conferir nesse post do Quero Viajar Mais.

Texto e Fotos: Dalila Barakat

Visitas realizadas em: 2013, junho, agosto e outubro de 2014 e novembro de 2016


 Confira também:

 

Four Seasons Hotel, o mais elegante da capital

 

Four Seasons Casa Medina, patrimônio histórico

 

Holiday Inn Parque 93, ótimo custo benefício 

 




Booking.com


 

Viaje tranquilo com o Mil e Uma Viagens.

Conheça nossos parceiros e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso.
Reserve seu hotel em qualquer lugar do mundo com o Booking.
Alugue seu carro com a Rent Cars. Compare os melhores preços e reserve já o seu.
Garanta a internet no seu celular. Compre o chip do Easy Sim 4u.

 

 


Facebook Comments

8 Comentários

  • Responder
    31/01/2017

    Sou Angolano, conheci Colômbia-Bogotá, já no ano 2003, visitei muitos centros turísticos, foi formidável para mim. Gostei daquele pais, tem gentes especiais, gentes acolhedores, simpáticas, conheci a catedral de sal, um lugar incrível, conheci o Monserrate, fim para não falar de outros lugares incríveis maravilhas que o senhor do universo nos deu, assim como a Barranquilha, Madrid, em fim e muito mais. E tenho fé, e peço a Deus que me dê forças e saúde de me dar a sorte de lá ir outra vez . Em suma fiz muitas amizades.Que os Colombianos, creio eu, que rezem muito pelo belo país que o Senhor lhes deu, Pais Feliz e de Fé Forte.

    • Responder
      01/02/2017

      Olá Antonio,
      É uma benção poder viajar, né?
      Que bom que você teve essa oportunidade. De todos estes lugares que você citou, me falta Barranquilla, quem sabe vou na próxima?
      Abraços e obrigada por compartilhar sua experiência aqui conosco.
      Dalila.