Confira nossa lista dos melhores pubs de Jazz em São Paulo

Bourbon Street

Eleita uma das 150 melhores casas de jazz do mundo pela revista Downbeat, a premiada casa de Moema foi inspirada na atmosfera de New Orleans, inaugurada há quase 20 anos, com a apresentação de ninguém mais, ninguém menos do que o rei do blues B.B King! Ele voltou a tocar na casa outras vezes, assim como Ray Charles, Nina Simone, Diana Krall e Johnny Rivers. #sófera

A decoração me lembra algo como o Hard Rock, por ter instrumentos musicais e fotos de grandes artistas, porém mais chique e intimista!  Além disso, a faixa etária é acima de 30 e, para, comer, apenas petiscos.

Ultimamente a casa tem tocado mais funk e pop rock do que jazz e blues. Bandas nacionais como Serial Funkers e Junkie Box, que eu adoro, estão presentes semanalmente na casa e eventualmente aparece algum jazzista gringo bom, mas tem que ficar bem atento à programação deles. Aos domingos rola salsa! Já fui milhares de vezes mas sinto falta do bom jazz por lá.

O Bourbon Street organiza, ainda, um dos maiores festivais anuais de jazz de São Paulo, o Bourbon Street Fest, que geralmente ocorre no Parque Ibiraquera.

Endereço: Rua dos Chanés, 127, Moema – São Paulo/SP

Telefone: (11) 5095-6100

 

bar-de-jazz-sp-bourbon

bar-de-jazz-bourbon-1

bar-de-jazz-bourbon-2

Café dos Prazeres

Com a proposta de resgatar a atmosfera dos clubes de jazz dos anos 50/60, o Café dos Prazeres, uma casa discreta nos Jardins, é uma volta no tempo para quem gosta da boemia e música de qualidade. Conhecido também como Cabaré Cultural, ele mistura música fotografia e drinks exóticos.

São cerca de 3 a 4 apresentações diárias entre jazz, tango jazz e blues. Algo difícil de descrever, você precisa vivenciar para entender.

O cardápio não tem muitas opções (quando eu fui estavam reformulando o menu) e o valor é razoavelmente alto, mas é um dos poucos que dá para jantar mesmo, pois a maioria serve mais petiscos e entradas.  Portanto, ideal para ir em casal. Sugiro reservar mesa com antecedência de pelo menos 1 dia.

Endereço:. Alameda Ministro Rocha Azevedo 1101, Cerqueira Cesar – São Paulo.

Tel:. 2649-3879 | 2935-2383 e email: reservas@cafedosprazeres.com.br

bar-de-jazz-sp-cafe-dos-prazeres-2
bar-de-jazz-sp-cafe-dos-prazeres-1
bar-de-jazz-cafe-dos-prazeres

Fetuccine do Café dos Prazeres

 

Madeleine Bar

No meio do agito da Vila Madalena, entre botecos com samba, pagode e às vezes até sertanejo, pessoas tomando cerveja no meio da rua, e todo aquele barulho, você encontra o reservado Madeleine! *.*

Com um ambiente intimista, discreto e aconchegante, o Madeleine oferece uma gastronomia deliciosa e atendimento excepcional. Além disso, ele nos brinda diariamente com um dos melhores Jazz da cidade!

Se você não se incomoda com som alto, opte por uma mesa no pátio principal, se prefere ouvir o som mas poder conversar, sugiro a varanda.

Dá para ir sozinho, em casal ou com grupo de amigos/as.

Aberto de 3f a sábado à partir das 19  e música ao vivo à partir das 21:30h

Rua Aspicuelta, 201, Vl Madalena. Tel  (11) 2936.0616.

jazz-sp-madeleine-fachada

jazz-em-sp-madeleine-2

jazz-em-sp-madeleine-1

Picadinho de Filé Mignon gratinado e com ovo de codorna estalado.

jazz-em-sp-titomartino

Tito Martino Jazz Band

 

Riviera Bar

O Riviera Bar, ícone da boemia paulista, fica na Paulista e foi reinaugurado recentemente, tendo como um dos parceiros Alex Atala. A programação musical me parece ser muito boa!

Não fui ainda mas devo ir muito em breve e, então, volto aqui com o review mais completo, tá?

riviera2

bar-jazz-sp-riviera

All of Jazz

O All of Jazz fica no Itaim, na Av João Cachoeira, 1366, uma casa discreta, pequena, que comporta aproximadamente até 50 pessoas e já completa 20 anos de existência! Funciona de 2f à sábado e cada dia tem uma banda ou um músico diferente. Aqui toca o clássico jazz e um pouco de bossa nova e MPB também.

Fui pela primeira vez em 09/12/15 e AMEI. Não sei porque demorei tanto para conhecer essa casa, mas agora que fui, não vou mais parar. O dono se chama Augusto e está todos os dias na casa, muito simpático, cuida dos clientes e dos músicos com toda sua atenção e paixão pela música.

No andar de cima tem uma sacada bem gostosa e uma loja com mais de 3 mil CDs e DVDs exclusivíssimos!

melhores-bares-jazz-sp-allofjazz-1

Augusto, o dono, me mostrando a sacada da sua casa de Jazz.

melhores-bares-jazz-sp-allofjazz-gogo

Gogô no piano e seu convidado no sax.

melhores-bares-jazz-sp-allofjazz-menu

O cardápio de petiscos e drinks é restrito mas recheado de música boa!

Outros

Tem ainda o Tom Tom, em Moema (que, se não me engano, toca jazz somente aos sábados!), o Jazz nos Fundos e o Jazz B, que são dos mesmos sócios e ficam respectivamente no fundo de uma garagem em Pinheiros, e o outro, no Centro de SP. Estes dois últimos tocam puro jazz mas são lugares mais simples, não aceitam nem cartão de crédito. Não fui a nenhum dos 3 ainda, quando for eu completo o post aqui, ok?

E, por fim, já fui a um Festival de Jazz SENSACIONAL no O’Mayles, um bar de rock nos Jardins. Portanto, o jazz por lá é algo pontual mas fique atento à programação deles (ou no nosso Facebook onde sempre postamos eventos do momento) porque vale muuuuito a pena!!! Os sandubas deles são bem bons também e a faixa etária é bem menor do que os mencionados acima.

Alguém conhece algum outro que já foi e gostaria de recomendar pra gente? Posta na caixa de comentários ali embaixo. 🙂

jazz-sp-omayles

Festival de Jazz no O’Mayles. Esses caras arrebentaram!!!

 


Nosso próximo post será sobre Os Melhores Bares de Hotel em SP, onde alguns deles tocam bom jazz também, como o Baretto e o The View. Fique de olho! 😉

 


Texto: Dalila Barakat

Fotos: Dalila Barakat e Divulgação


 

 

Facebook Comments

Sem Comentários