O Líbano está na lista dos 10 melhores destinos do verão 2018, pela National Geographic.

Os espanhóis argumentam que o crème brûlée é apenas uma versão francesa do crema catalana.

Enquanto que historiadores galeses afirmam que Arthur Guinness contrabandeava sua famosa e robusta receita de uma taverna galesa para Dublin.

E o Líbano… o Líbano quer o homus de volta.

Muitas vezes negligenciado como destino culinário, o Líbano fabrica a mesa de mezze em um clima temperado igualmente ideal.

best-summer-trips-lebanon.adapt.676.1

 

Portanto, passeie pelos mercados ao ar livre em Byblos, uma das cidades mais antigas do mundo.

Passe um  dia inteiro em algum dos melhores Beach Clubs do Oriente Médio.

Refresque-se na Cachoeira Baatara Gorge.

Visite algum dos templos marianos como a Harissa, em Jounieh, Our Lady of Zahle, no Vale do Bekaa ou ainda a Maghdougheh, no sul do país.

E em seguida, estabeleça-se sob os cedros para um banquete de vinho local, tabule, pequenas rodadas de pita de gergelim quente, baba ghanoush aspergido com sementes de romã e pratos de queijo de erva-y, todos regados em brilhantes rizomas de azeite local.

O Líbano está na moda!

E foi considerado, pela National Geographic, como um dos 10 melhores destinos de verão! Junto com Ilha Grande (Brasil), Indonésia, Masai Mara (localizada entre o Kênia e a Tanzania), Mongolia, Papua Guiné, Peru e outros.

 

libano-cedros-2

Na reserva ecologica dos Cedros de Deus, Vale Qadisha.

Sobre a montanha Baruk, que divide o Vale do Bekaa e Chouf.

 


Fonte: National Geographic


 

Comentários do Facebook

Sem Comentários