Assis é a cidade onde Giovani di Bernardone (em português, João)- posteriormente chamado de Francisco de Assis, nasceu.

Sua mãe era francesa, daí talvez o nome Francesco, de Francois, como o chamavam na comunidade.

Seu pai era um comerciante muito rico e sonhava que seu filho seguisse seu caminho, se casasse e aumentasse a fortuna da família.

Porém, como vocês sabem, não foi isso o que aconteceu.

Ele fez voto de pobreza, seguiu o caminho de Cristo, e o imitou em todos seus atos e passos.

Foi reconhecido por todos da sua cidade, de outras cidades, pelo Papa e é reconhecido hoje como o homem do milênio.

Quer percorrer o caminho dele para conhecer melhor sua história e se inspirar?

Seguem abaixo alguns lugares que tiveram muita importância na vida de São Francisco e que são de muito fácil acesso.

Eu já percorri duas vezes, uma em setembro de 1999 e outra em janeiro de 2018. Voltaria mais 1001 vezes!

Não precisamos ser igual a ele. Apenas precisamos ser BONS. Mas estar ali, sentindo toda aquela energia impregnada, é de encher o coração!

Então vamos lá.

mapa-caminho-350 Km-16dias

 

Esse mapa mostra o caminho completo. São 350km. Alguns peregrinos levam 16 dias para fazer isso tudo à pé. De carro, com calma, você pode levar até 5 dias.


Bom, antes de mais nada: Como chegar em Assis?

 

Eu sempre prefiro alugar um carro e fazer tudo ao meu tempo e maneira, sem depender de horário do transporte público.

Ainda mais na Itália que não tem taaaaantas estações como França, Holanda e outros países europeus.

Portanto, recomendo que alugue seu carro previamente por aqui.

Mas, se optar por ir de trem, você poderá sair tanto de Roma (com o  Regionale Veloce) como de Florença (com o Intercity) e levará 2 horas.

A estação de trem fica a 4 Km do centro histórico, então, para chegar lá você pode pegar um táxi ou o ônibus (Linea C) e descer na Piazza Mateotti.

 


Agora sim: O que visitar em Assis?

 

Abaixo listo lugares dentro da cidade e arredores com passagens importantes de São Francisco.

A maioria está na ordem de proximidade de distâncias, ou seja, facilitando a elaboração do seu roteiro, para ganhar tempo.

Mas, em cada um deles explico o que ocorreu e quando, portanto, você pode optar também por fazer a visita de acordo com a cronologia.

Obs: As fotos vou publicar em outros posts senão essa página ficaria infinita. Então, aguardem, tanto fotos como videos, em breve, de cada um dos lugares descritos abaixo! 😀

 


1- Centro Histórico de Assis

–  Basílica de São Francisco

Ela está localizada logo na entrada da cidade e é patrimônio da Humanidade desde 2000.

Primeiro você entra pela Basílica Inferior, onde está atualmente a Cruz de São Damião, sobre a qual vou explicar mais abaixo.

Depois, você desce na cripta, onde está guardado o corpo de São Francisco. (Pode reservar bons minutos para ficar ali).

Andando mais para a frente um pouco, você encontra uma outra escada e, ao descê-la, se depara com uma capela onde se encontram relíquias dele, bem interessantes.

Na Basílica de cima, há pinturas lindas de Giotto que mostram as principais passagens da vida de São Francisco.

Saindo de lá, na parte de fora, tem uma estátua bastante representativa que mostra o retorno dele de uma batalha contra Perugia, fracassado, desolado, triste. Nessa época, ele sonhava em lutar nas Cruzadas pois acreditava que ia defender a igreja dessa forma.

Porém, não chegou a lutar, no caminho ao ver os corpos no chão, tanto sangue e tanta morte, foi se desiludindo até que ouve um sábio lhe dizendo: Francisco, por que preferes o servo ao senhor?”

Horários: no site oficial

 

– Casa onde ele nasceu e onde ficou preso pelo pai

Nuova Chiesa é chamada a praça onde está a sela em que ele ficou preso por seu pai, que o condenava de louco por haver vendido os panos da sua loja e oferecido à igreja. Isso aconteceu pouco tempo depois dele voltar da batalha e ouvir a voz citada acima.

Essa sela está dentro de uma igreja mais recente, por isso o nome.

E pouco abaixo está onde dizem que ele nasceu, mas pra mim, lá era a loja de tecidos do pai.

 

– Praça São Rufino

Foi nessa praça em que ele se despiu em público e renunciou ao seu sobrenome.

Ali, onde seu pai o acusava de roubo e loucura, ele disse que Bernardone deixaria de ser seu pai e daquele momento em diante ele iria servir apenas ao Pai.

Vale a pena visitar a cripta da Catedral São Rufino, com várias relíquias, inclusive a pia batismal onde dizem foi batizado ele e Santa Clara.

 

– Basílica de Santa Clara, imperdível

Essa Basílica se encontra do lado oposto à Basílica de São Francisco de Assis com as duas de frente uma pra outra.

Na cripta dessa basílica, encontram-se relíquias de ambos, como mechas de cabelo dela, suas vestes e também algumas vestes de São Francisco.

Além disso, ali está o corpo da santa, que foi encontrado intacto no final do século XI. fiel companheira e discípula de São Francisco.

Do lado esquerdo da Basílica, tem um portal de onde a vista para o vale é muito bonita.

Horários:  6h30 – 12h e 14 – 18h

Site oficial.

 

Confira nossas fotos do Centro Histórico de Assis


2- Santuário de São Damião 

Pela cronologia, o Santuário de São Damião seria o segundo local a ser visitado pois foi pra cá que ele se refugiou após sair da casa dos pais.

Aqui, encontrou a Cruz de São Damião que lhe falou “Francisco, reerga minha casa, que está em ruínas” e foi então quando ele começou a reconstruir pedra por pedra, dia por dia.

Nesse local, ele esteve por bastante tempo sozinho, depois os seguidores foram se juntando, até que chegou Clara, em 18 de março de 1212.

Nesse momento, ele decidiu deixar o espaço para Clara e, futuramente, as Clarices e desceu para Rivotorto.

Ela viveu nesse monastério por muitos anos até sua morte. Foi portanto um local onde eles se encontraram inúmeras vezes, pois ele ia visita-la com frequência.

Gosto demais desse lugar.

Não posso deixar de contar que foi aqui também que ele criou a oração o Cântico das Criaturas, uma das mais importantes.

Esse cântico fala do Irmão Sol, Irmã Lua, do Criador e todas suas criaturas e fala também da morte:

“Louvado sejas, meu Senhor, pelos que perdoam por teu amor, e suportam enfermidades e tribulações”

Escrita em um momento em que ele sofria no corpo por haver recebido as chagas de Cristo (fim de 1224).

Local: Está muito próximo do centro histórico de Assis, inclusive, muitos vão caminhando. Eu, como não era peregrina, fui de carro mesmo e não cheguei a levar mais do que 15min para chegar.

Horários: 10:30–12:00 e 14:00–18:00

Fotos do Santuário de São Damião


3- Rivotorto

Francisco ficou em Rivotorto por volta de 2 anos, entre a ida para São Damião e a Porciúncula.

Hoje é uma igreja que foi construída ao redor de 2 pequenas celas, com alguns bancos de madeira estreitos dentro, uma ao lado da outra. Era uma estrebaria e era exatamente ai que eles oravam, dormiam, comiam e cuidavam dos leprosos.

Foi aqui também que apareceu a carruagem de fogo. Essa história vale a pena vocês pesquisarem. 😉

Local: está a 3km da cidade de Assis e ao pé do Monte Subásio. Então, pela logística e, para ganhar tempo, você pode fazer estes dois combinados (itens 3 e 5), no segundo dia da sua viagem.

A primeira vez (1999), foi possível entrar nas celas. Já na segunda (2018) não tinha como. Portanto, a passagem por aqui é bem rápida.

 Fotos de Rivotorto


4- Santa Maria del Angeli e Porziuncola

Santa Maria del Angeli é uma basílica enorme, linda, toda dourada e branca por dentro, exuberante também por fora, chamando atenção de todos, desde quilômetros de distância.

Dentro dela está uma minúscula capela chamada Porziuncula.

Essa, foi construída pelas próprias mãos de Francisco e de seus companheiros e foi a base onde ficaram por um bom tempo.

Na verdade, até a morte de Francisco (3 de outubro de 1226), que inclusive está demarcada ali perto da Porziuncula, ainda dentro da Basílica, na chamada Capela de Trânsito.

Em 1216, Cristo e Maria apareceram para SF e lhe comunicaram que aquele que rezasse naquela igrejinha obteria o perdão de todos os seus pecados. É o famoso Perdão de Assis.

Assistir a uma missa ali foi uma benção. Vale a pena você verificarem os horários das missas e vale mais a pena ainda você permanecer em silencio ou em oração dentro da Porziuncula.

Saindo da Basílica, haverá um caminho onde você verá a estátua dele com uma pomba viva. Ela representa o fato de que Francisco sempre convidava todas as criaturas de Deus para orarem com ele. E até hoje, sempre tem uma pomba viva próxima dessa estátua.

Após a estátua, você irá passar pelo Roseto. É uma parte do Santuário do que resta da floresta antiga, onde os frades viviam.

Entre cujos espinhos uma noite Francesco rolou para superar a dúvida e a tentação. Neste momento, as árvores, em contato com o corpo dele, se transformam em rosas sem espinhos, dando origem à “Rosa Canina Assisiensis”, que continua a florescer apenas na Porziuncola e até hoje sem espinhos.

O Roseto pode ser visitado às seguintes horas: 7.30 – 12.30 e 14.30 – 19.00.

Local: Piazza Porziuncola, 1, 06081 Santa Maria degli Angeli PG, Itália. No pé da colina de Assis.

Site oficial.

Pela logística e proximidade, você pode combinar o item 1 com 2 e 4, todos no mesmo dia.

 

Fotos da Porziuncula


5- Monte Subásio

Aqui no Monte Subásio, a cerca de 800m de altitude, está o Eremo del Carcere.

Lugar onde São Francisco e seus seguidores se retiravam em oração. Seu nome está ligado ao conceito de “retiro sagrado”.

Aqui ele orava, meditava, estudava e observava o céu com seus companheiros.

Localizado bem no alto de uma colina, com linda vista para o vale. Um ambiente calmo, que naturalmente lhe dá a sensação de que o tempo parou.

Uma completa integração com a natureza, pois está localizado perto de algumas cavernas naturais, cercado por uma floresta de carvalhos.

Há um lugar específico na área externa (veja foto) que, pela segunda vez, não tive vontade de me levantar e ir embora, ficaria realmente o dia inteiro!

Lá é possível ainda ver a pequena gruta onde São Francisco dormia e orava com os confrades.

De emocionar, por ser tão pequena e desconfortável aos nossos olhos. Eu aposto quantos minutos cada um de nós conseguiria ficar ali dentro.

Local: Está a 4km da cidade e é pura subida. Então, você pode ir a pe mas pode ir de carro alugado ou taxi!

Horários: todos os dias, das 6h30 – 18h.

 Fotos do Monte Subasio


6- Isola Maggiore

Aqui foi onde ele jejuou 40 dias.

Para chegar, precisa atravessar de barco o lago Trasimeno. Custa 5 euros e leva-se 20min a travessia.

Dá para explorar toda a ilha à pé, siga pela trilha à esquerda que beira o lago para chegar até a estátua de SF.

Lá você encontrará uma placa contando seus milagres e uma pedra grande em frente à capela, com as marcas dos joelhos e cotovelos de Francisco.

Vá se estiver com tempo sobrando, pois está um pouco mais distante, cerca de 30min de carro de Assis.

Dá para combinar com item 3 e 5, mas precisa ir de carro.

 


7- Le Celle

Lugar absolutamente lindo. De tirar o fôlego logo desde o estacionamento.

Mas é uma construção mais moderna.

O que era da época dele mesmo, era uma pequena capela, o refeitório e um quarto MINÚSCULO onde ele dormia, no chão.

Fiquei em prantos a primeira vez que vi esse quarto.

Em Le Celle foi onde ele escreveu a Ordem Franciscana que seus companheiros tanto lhe pediam.

Local: Le Celle fica em Cotorna, no caminho entre La Verna e Assis, portanto, pode combinar item 7 e 8 no mesmo dia, tranquilamente.

Horário: fecha as 18h e é pouca coisa dentro para ver, por isso, eu deixaria para depois de La Verna. Assim, quem sabe você pega também esse lindo pôr do sol.

 


8- La Verna

Que lugar mágico.

É, de todos, o lugar que mais gosto.

Junto com a Basílica de Francisco, são os dois onde mais me emocionei e senti muito forte a presença Deles.

E aqui aconteceram muitas passagens de SF, como:

Foi aqui que ele recebeu as chagas de Cristo. Há uma sala do lado da Basílica que mostra exatamente onde foi.

Há também uma sala dentro da Basílica com a roupa em que ele usava no dia em que recebeu as chagas.

(você sendo devoto ou não, fiel ou não, não tem como não se emocionar, sério!)

E há outra sala, próxima à primeira, que era o oratório de Santo Antonio de Padua, fiel seguidor de SF.

Além disso, tem a pedra onde ele dormiu e a pedra que surgiu para ele se apoiar quando foi tentado a cair do penhasco.

Enfim, La Verna é tão especial que farei um post específico sobre ela, enquanto isso, você pode consultar o site oficial para mais detalhes.

Assistir a uma missa na capela pequena, do lado de fora da grande Basílica, é uma benção indescritível. Foi um dos momentos mais fortes e emocionantes da minha vida!

Local: Fica na Toscana. Imagine o caminho de carro até lá.

Você já chega emocionado de tanta beleza que vê. Localizada a 1h30 de Assis.


9- Greccio

Aqui foi onde ele criou o primeiro presépio, pois queria mostrar à toda cidade como foi exatamente o nascimento do menino Jesus, seu grande amigo.

E, então, ele convidou um casal para representarem Maria e José, pediu que lhe arrumassem um jumento e um boi e atuaram à meia noite. Dizem que a noite virou dia, de tanta luz que saia desse lugar.

Até hoje, todo dia 24 de dezembro o local é visitado por fieis, peregrinos e turistas.

Local: Fica próximo de Roma, na região de Lacio e foi por isso que deixei ele aqui por último. Você pode visita-lo no seu último dia de viagem, já a caminho de volta à capital italiana.

 


DICA EXTRA

A Rocca Maggiore, localizada dentro da cidade de Assis, no ponto mais alto dela, nasceu como uma construção defensiva por ocasião das guerras com a cidade de Perugia, no século XIII.

Lá, não há nenhuma passagem específica de SF, mas vale a pena a subida para se ter uma linda vista da cidade e do vale, caso você seja um/a louco/a dos mirantes, como eu. 😉


Conclusão

Não faça apenas um bate volta a Assis. Nem fique apenas 2 dias.

Reserve no mínimo 3 a 4 dias nessa linda cidade para poder percorrer todo o Caminho desse santo que é considerado o homem do segundo milênio, ou seja, a pessoa mais importante depois de Cristo!

Assim você faz com calma e aproveita a viagem para dentro. Dentro de você mesmo.

Fiz diversos stories durante essa viagem e estou subindo aos poucos no youtube, será um video para cada lugar destes citados acima, então, fique de olho e se inscreva lá desde já!


 

Onde se hospedar em Assis

 


Texto e Fotos: Dalila Barakat


 

Comentários do Facebook

Sem Comentários