Natal é uma das épocas mais lindas do ano.

As pessoas ficam mais introspectivas, mais reflexivas e ao mesmo tempo também se encontram mais generosas e mais conectadas ao altruísmo.

Não é mesmo? E por que será?


Significado do Natal

 

O que é que comemoramos no Natal, você lembra?

Em todo o mundo, até mesmo em países não católicos, ruas e casas ficam enfeitadas com luzes, árvores natalinas e decorações com Papai Noel por todos os lados.

Nos Shoppings e na TV há anúncios comerciais por toda parte.

O consumo é estimulado, desviando-nos do verdadeiro sentido do Natal.

Sem contar a comilança e os exageros cometidos por aqueles que aproveitam o feriado para abusarem de bebidas alcoólicas.

O site Sua Pesquisa faz uma analogia interessante sobre isso.

Diz que no dia no nascimento de Jesus, muito provavelmente, Herodes, quem mandou matar todas as crianças da região na época, devia estar nesse momento comendo carnes, guloseimas e tomando vinho.

Enquanto em Belém, escondidos, inclusive do frio, estavam José e Maria buscando um lugar para dar luz ao menino Jesus, em um estábulo, extremamente simples, junto ao boi e ao jegue.

Então, com quem você quer se parecer nesse dia?

“Estamos passando o Natal de uma forma simples, como o pai e a mãe de Jesus ou estamos comemorando como o rei Herodes?”

Bom, independente da forma como comemoramos, acho fundamental buscarmos a origem e o significado do que fazemos, principalmente quando é algo que move toda a humanidade como o Natal.

E, no Natal, comemora-se o nascimento do menino Jesus.

Na realidade, não se sabe a data exata em que ele nasceu, mas à partir do século IV, estabeleceu-se o 25 de dezembro como sendo a data oficinal.

Desde então, ela passou a se impregnar desse significado. Por isso, muitos acabam ficando mais sensíveis.


 

Significado dos Símbolos do Natal

 

Papai Noel

A imagem do Papai Noel foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na (atual) Turquia em 280 d.C.

Esse bispo era um homem de bom coração e costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.

Foi transformado em santo (São Nicolau) pela Igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.

E sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha mas há quem diga que foi na Lapônia, onde há um escritório oficial do velhinho.

Até o final do século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom ou verde escura. Depois, a Coca Cola através de uma campanha publicitária mudou a cor da roupa para vermelho e fez tanto sucesso que perdura até hoje.

Você já tinha associado as cores da roupa dele à marca?


Envio das Correspondências

Cartas para santos ou de cunho religioso são uma prática existente desde a antiguidade, mas apenas a partir do século passado surgiu no mundo o ato de enviar cartas ao Papai Noel.

Os pais da criança leem as cartas dela, e com a condição de serem bem comportadas durante o ano, recebem o presente como sendo de autoria do Papei Noel.


A Festa

O Natal originalmente data de 15 a 20 mil anos AC, quando se celebrava o solstício dos vikings.

Era uma festa pagã, chamada de Natalis Solis Invicti (nascimento do sol invencível), em homenagem ao deus persa Mitra, popular também em Roma.

As comemorações aconteciam durante o solstício de inverno, o dia mais curto do ano.

No hemisfério norte, o solstício não tem data fixa – ele costuma ser próximo de 22 de dezembro, mas pode cair até no dia 25.

A comunidade cristã, em seus primeiros séculos, não festejava o nascimento de Jesus.

À medida em que a Igreja crescia e ganhava poder, surgiu a necessidade de conter e integrar os cultos pagãos – ainda muito numerosos na Europa e no Oriente Médio – e de englobá-los no seio da organização cristã.

Celebrar solenemente o dia do nascimento de Jesus foi, então, uma das muitas medidas implementadas nesse sentido.

Nesse momento, a festa pagã passou a ser cristã.

E isso aconteceu também com o Carnaval, Páscoa entre outras datas.


Os Presentes

Uma hipótese é essa contada acima, que o São Nicolau entregava moedas nos saquinhos aos pobres.

E a outra, mais lógica, é que neste dia, quando nasceu Jesus, ele recebeu de 3 Magos os presentes que carregaram por 12 dias desde a saída de seus locais de origem.

A mirra, o ouro e o incenso.


O Pinheiro

Também a árvore pertence à tradição pagã europeia.

Sua imagem, especialmente as que são mais verdes e resistentes ao inverno, como os pinheiros, constitui um tema pagão recorrente, céltico e druídico.

A derivação do uso moderno dessas tradições, no entanto, não foi provada com certeza.

Quem souber mais sobre o significado do pinheiro e sua origem peço que colabore colocando nos comentários, ao final do texto. 🙂


O Presépio

O presépio representa uma importante decoração natalina e o único que faz jus ao atual significado da data.

Ele foi introduzido pela primeira vez por São Francisco de Assis, em Greccio, no século XIII.

Nessa ocasião ele mostrou para todos da cidade e arredores o cenário do nascimento de Jesus.

Ou seja, uma manjedoura, os animais, os reis Magos e os pais do menino.


Como você comemora o Natal?

 

Santo Agostinho estimulava seus irmãos cristãos a não celebrarem o Sol naquele dia solene, como faziam os pagãos, e sim a celebrarem “Aquele que tinha criado o Sol”.

E, então, você celebra mais a festa pagã ou a cristã?

Na verdade não importa, o importante é você saber o significado do que se está fazendo.

E permitir que a energia representada pelo Sol entre em você.


FELIZ NATAL

Frohe Weihnachten (alemão), Shenoraavor Nor Dari yev Pari gaghand (armênio)

Bon Nadal (catalão), Chuk Sung Tan (coreano),  Glædelig jul (dinamarquês), ! Feliz Navidad (espanhol)

Joyeux Noël (francês),  Καλά Χριστούγεννα (grego), Merry Christmas (inglês), Buon Natale (italiano)

Merii Kurisumasu (japonês, adaptado do inglês),  Kung His Hsin Nien (mandarim), Eid Mubarak (árabe)

 


Texto: Dalila Barakat

Fontes: A origem do Natal – o Natal segundo a Bíblia, de Jeova Rodrigues Barbosa; Site Sua Pesquisa; Revista Oasis

 


 

Conheça as tradições mexicanas durante o Natal e Reveillón

Lapônia, a terra natal do Papai Noel?

Decorações de Natal pelo mundo


 

Comentários do Facebook

Sem Comentários